Cá estou eu, mais uma noite.. ainda há horas estive contigo e já sinto as saudades a deixarem-me com imensa vontade de estar perto de ti, outra vez. É tão bom saber que estás presente na minha vida, praticamente vinte e quatro horas por dia, estou sempre a pensar em ti, e até mesmo se não quiser (o que só acontece quando estou chateada contigo), os meus pensamentos vão sempre ter contigo, vão sempre ter com os nossos momentos. Até podem ser coisas que vivemos há meses atrás, mas é certo que todos eles passam pela minha mente e depois fico com um sorriso parvo na cara. Eu sei, estar apaixonada tem destas coisas, mas já me tinha esquecido da felicidade que tudo isto nos traz, da vontade de querer tanto alguém, coisa que sinceramente, nunca tinha sentido com esta intensidade. Mas começo a achar que não há nada melhor no mundo do que amar alguém, do que amar o homem da minha vida. Começo a ter a certeza que é a ti que quero até ao fim da minha vida. E mesmo que falte imenso tempo, oh, não interessa, jamais te vou deixar fugir de mim. Não há ninguém que possa me abraçar e me beijar como tu; não há ninguém que sorria para mim da mesma forma de que tu sorris; não há ninguém que possa segurar-me como tu, nem puxar-me para bem perto como tu; não há ninguém que saiba onde e como me tocar e me fazer ter mil e uma sensações; não há ninguém que eu tenha tanto medo de perder como a ti; não há ninguém que seja tão especial, sincero, amigo, verdadeiro, carinhoso, etc, como tu. Não há ninguém que seja tão meu quanto tu, amo-te.

Sem comentários:

Enviar um comentário