Olá anjo, há uns dias que não escrevo para ti e sinceramente sinto falta de me exprimir.. tivemos uma semana complicada, e o último mês também o foi, mas a nossa sexta-feira compensou todo esse tempo. Passamos umas horas juntas e senti-me como se tivesse recarregado a energia. Dás-me uma força enorme, dás-me mil e um motivos para sorrir e sabes sempre a melhor forma de me fazer perceber as coisas. Não sei se há alguém mais perfeito que tu, mas se há, eu não preciso disso, és suficientemente bom para mim. És tu e isso basta. Como te disse hoje, não mudava nada em ti. Nem o teu tamanho, nem a cor do teu cabelo, dos teus olhos, nem os teus lábios, nem as tuas mãos, não mudava nada de nada. Apaixonei-me por ti assim, e isso foi a melhor coisa e a mais natural que podia ter acontecido. Agora eu percebo que uma relação tem de ser baseada na amizade e na confiança. E o tal "nós", desde há algum tempo que passou a ser uma junção de amizade com amor. E sinceramente o que construímos é mais que motivo para te dizer que nunca te vou deixar e que és o meu orgulho, a minha vida, o meu tudo. E assim será até sempre.

Sem comentários:

Enviar um comentário