Acho melhor começar já a escrever, visto que faltam umas duas horas para fazermos 5 meses *.* mas sei que vou demorar um bocadinho de tempo a escrever isto e tu vais perguntar porquê que estou a demorar a responder, mas vais ver que valeu a pena a demora. :) o tempo tem passado rápido.. parece que foi há poucos dias que tudo isto começou e nem dá para acreditar que depois de tantas barreiras, depois de tantos problemas, chegamos até aqui. Enfrentamos muitas discussões por causa dos ciúmes, provocações, e o pior são os nossos feitios que às vezes chocam muito. Mas se assim não fosse, não me teria apaixonado por ti desta forma. Se não fosses desse jeitinho encantador, com essas tuas palavras que são capazes de disparar com o meu coração, com a forma com que me agarras e como me puxas para perto de ti. Se tu não fosses assim, nada disto teria este brilho enorme. Tu és perfeito e digo-o sempre que escrevo para ti, sempre que falo de ti. Embora tenhas defeitos, não é isso que me faz gostar menos de ti, muito pelo contrário. Há 5 meses atrás estava eu a tremer sempre que me tocavas, sempre que me abraçavas ou sempre que aproximavas demais os teus lábios da minha cara, do meu pescoço, dos meus lábios.. ainda hoje consegues fazer com que as minhas pernas fiquem a tremer e fazes com que sinta as tais borboletas no estômago, mas não tenho medo de me entregar a ti, de te querer para sempre e de fazer tudo o que posso por ti. Antes tinha, tinha muito medo do que pudesse acontecer, de como lidarias comigo, de tudo isso. Mas agora só quero estar sempre contigo, quero sempre mais um beijo, mais um abraço e chamar-te de meu, só meu. Estou tão feliz por estares sempre ao meu lado, afinal são 5 meses, não é nenhum recorde, mas para mim foram os melhores meses do mundo, proporcionaste-me tantos momentos de felicidade, tão boas sensações, fizemos mil e uma loucuras que não cabe na cabeça de ninguém, mas é tudo isso que me faz perceber que o nosso amor é verdadeiro. E que ninguém tem a força suficiente para o levar, para o destruir. Eu sei que cometo erros, talvez demais, mas preciso sempre que me digas o que está errado para eu poder corrigir. Sabes que sempre que peço desculpa, é de forma sincera. E sempre que digo que te amo, é de coração. Às vezes até acho que as palavras começam a esgotar-se sempre que tento escrever alguma coisa para ti, e quando reparo já vou em textos longos e sinto que não disse nada do que queria. Mas neste estou a tentar expressar-me com calma e eu sei que tu percebes. Eu sei que tu estás feliz por esta "vitória". Afinal houve quem dissesse que nós não passávamos de fevereiro, e o que é certo é que fevereiro já lá vai a algum tempinho. Sou tão feliz contigo sabes? Tenho tudo o que preciso e sem dúvida que é contigo que quero ficar o resto da vida. Quero poder adormecer no teu peito a ouvir o bater do teu coração, acordar ao teu lado e ter logo um beijo de bom dia, passar o dia na cama contigo sem ter nada para fazer, desligar-me do resto do mundo, porque é só contigo que as coisas fazem sentido.. é, tu percebes. Sabes aqueles momentos nossos? Esses mesmos que estás a pensar. Vamos tê-los todos os dias, sempre e sempre com mais amor. Vou entrelaçar os meus dedos nos teus, e as minhas pernas nas tuas, e ficar ali contigo como se as horas não passassem. Vais ser sempre meu, como já és agora. Mas depois não vais ter horas para ir embora, nem para apanhar autocarro. Não vou deixar que te tirem de mim, nunca nunca. E vou acabar isto, visto que tens de ir embora e quero que leias este miminho antes de ires dormir. É só para saberes que sou a mulher mais feliz do mundo por te ter, e que nunca ninguém me transmitiu tanta paz, tanto amor, tanta serenidade, tanto sei lá. Tanto tudo. Tu és tu, tu és meu, tu és lindo, tu és perfeito, tu fazes-me feliz, tu és a razão do meu sorriso. Nunca me deixes! Amo-te para todo o sempre *.*


» Este texto é para o dia 2 de Maio, mas por motivos especiais tive de o publicar no dia 1 :)

Sem comentários:

Enviar um comentário