E eu gosto é de ir à praia na tua companhia, tal e qual como ontem e ficar lá a tarde toda até termos de ir embora, porque senão, tenho a certeza que ainda passávamos a noite lá acampados. Não imaginas o bem que me fazes e como consegues com que me esqueça do mundo que nos rodeia. Não há palavra nenhuma que consiga descrever pelo menos uns minutos das nossas tardes, todas são fantásticas, maravilhosas, perfeitas sim, mas isso é pouco. Um dia, quando encontrar a palavra certa, eu hei-de explicar. Tal e qual como conseguiste arranjar a palavra certa para o nosso quentinho *.* lembraste? Quando me disseste isso eu fiquei tão feliz porque pela primeira vez na vida consegui saber "definir" aquilo que se passava aqui dentro. Se bem que não seja bem isso, mas pelo menos nós entendemos-nos assim. E se explicássemos a alguém acho que nos iam chamar idiotas. Além disso, ninguém precisa de entender. Afinal somos per(feitos) um para o outro e por mais idiotas com mau feitio que sejamos de vez em quando, amamos-nos mutuamente e infinitamente :p (ps. ainda vais pagar por teres feito de mim croquete!)
AMO-TE HOMEM DA MINHA VIDA ♥

Sem comentários:

Enviar um comentário