14 de Março de 2013

A minha mãe encantou-se com o gato, por ser tão grande e tão lindo. Já o meu irmão não achou muita piada, porque ele queria era um pequenino para andar a torturá-lo e para pegar ao colo com facilidade. Este como é grande, já não consegue pegar porque é pesado. ahah Depois de andarmos a admirar o gato, fomos tratar do almoço: batatas fritas com bifes e arroz. Fui eu que fiz o almoço, tirando a parte de pôr o sal no arroz :o almoçamos só os dois e bebemos Ice Tea. No fim do almoço, fomos lá para fora com o gato, estivemos no meu quarto e ele até adormeceu aos nossos pés ihih e estive deitadinha ao teu lado e a torturar-te de vez em quando a tirar-te pontos negros :o e acho que até foi nesse dia que andamos a rebolar de um lado para outro na cama ihih, fazes-me tão feliz e fazes-me rir tantas e tantas vezes. Que seria de mim sem ti, sem a tua paciência e mimos, sem o teu bom humor e os teus abraços. Que seria de mim sem nós. Quando o meu pai chegou, levou o meu irmão para dentro, para nós irmos embora, só que pouquinho antes de chegarmos à paragem, perdemos o autocarro. E já sei que a culpa foi minha, que demoro sempre muito tempo a vestir-me e a sair de casa :c mas dessa vez até serviu para alguma coisa, porque te convenci a ficar comigo e os teus pais deixaram, logo ias ficar cá para sexta-feira **

Sem comentários:

Enviar um comentário