16 de Março de 2013

Na sexta-feira, dia 1 de março (sê bem vindo março e que tragas rápido a primavera. espero que sejas um óptimo mês, apesar de hoje já ser dia 16), acordei ao teu lado *.* e que bom que é acordar e dar-te bom dia com um grande beijinho cheio de amor, logo pela manhã. Estivemos um pouco na cama e depois levantamos-nos para tomar pequeno almoço e durante a manhã não fizemos nenhum da vida, ficamos o dia em pijaminha (esqueci-me de referir a parte de quinta à noite em que vestiste um pijama meu para dormir e ficaste tão sexy que morri a rir e só de pensar escano-me toda xD) e acho que vimos um filme de manhã ou pelo menos, começamos a ver, mas depois fartamos-nos e acho que até foi o Saw IV que está gravado na minha tv. Fiz massa com ovos mais ou menos mexidos para o almoço e não te queixaste, por isso não deve ter ficado mal :o Depois do almoço estivemos lá fora e depois a ver tv e uma hora antes de ires embora viemos para o quarto porque já tinha estado aziada antes (o costume, eu sei :o) e tinha de te dar miminhos para não ficar com muitas saudades durante o fim-de-semana. Sei que o tempo passou muito rápido e não foi o suficiente para te dar beijinhos, abraços e estar a conversar contigo. Por volta das 16h, vestiste e arrumaste tudo para ir embora e eu vesti umas calças de fato de treino e uma camisola e calcei as minhas crocs roxas e fui com o meu irmão levar-te à paragem. O autocarro chegou pouco depois e custou tanto quando foste embora, senti o coração tão apertado, pequenino e meio vazio que só queria ir a correr atrás de ti para te ir buscar. Fui para casa e estava tudo vazio demais sem ti. Mas estavas comigo, estavas cá dentro e tinha sido bom estar contigo sem ter planeado nada de nada. Amo-te tanto e para sempre.

Sem comentários:

Enviar um comentário