18 de Fevereiro de 2013

E quero deixar aqui um post pequenino (não vai ser nada pequeno, já sei ihih) de que sexta-feira passei o dia com o meu namorado, na casa dele. E que não há nada melhor do que os nossos dias, as nossas horas. Sabes, gostava que todos os dias fossem como as nossas sextas-feiras, gostava de estar sempre contigo e nunca me fartar de te ouvir, de te ver, de me rir por tua causa, de te dar beijinhos, de te dar miminhos, de te fazer cócegas, de te admirar enquanto estás deitado ao meu lado, de passar a mão no teu cabelo, na tua cara, no teu corpo, de te dar abraços gigantes, de me sentir protegida só porque estás comigo, de te chamar idiota, imbecil, otário, porco e logo a seguir me chamares uma quantidade de nomes feios mas acabamos sempre a dizer que nos amamos. Tenho tanto medo de te perder que às vezes fico triste só de pensar em como seria a minha vida sem ti, sem tudo o que fazemos juntos. Mas por mais idiotas que sejamos, sei que nunca vamos destruir aquilo que nos une. Como diz a frase do Rui Veloso, "muito mais é o que nos une que aquilo que nos separa" ** Amo-te meu grande amor, amo-te muito

Sem comentários:

Enviar um comentário