8 de Janeiro de 2013

Quando somos só eu e tu, tudo muda de figura. Tu desejas-me.. Eu desejo-te.. Eu anseio por tocar a tua pele. Anseio por te abraçar e fazer com que aquelas horas sejam apenas nossas. Gosto especialmente das palavras murmuradas debaixo do cobertor. Dos carinhos que trocamos. Gosto dos teus braços à minha volta. Gosto de ti. Gosto que sejas meu. É bom sentir-te meu. E sentir que os medos, as inseguranças e os pensamentos maus voam para bem longe quando me entrego a ti. Sabes aquela sensação de borboletas na barriga que sentia sempre que estavas assim pertinho demais? Continua aqui *.* e o bom disto tudo é que o tempo vai passando e o meu coração bate ainda mais forte por ti. Tenho tanto orgulho em nós. As nossas discussões duram uns minutos, às vezes umas horas, mas sinto sempre que não te posso perder. Que és precioso demais. Nunca tive ninguém como tu. Nem amei ninguém como te amo. Mas acredito que a nossa amizade, a confiança, a cumplicidade e os momentos que já passamos juntos ajudam a passar por cima das birras, das discussões. E há mais uma coisa. Faças o que fizeres na vida, vou cuidar sempre de ti. Tomes as decisões que tomares, eu vou manter-me a teu lado como estou desde o dia 4 de Setembro de 2011. Posso ter todos os defeitos do mundo e tu podes ser um imbecil, um idiota, um i qualquer coisa, mas és o homem da minha vida e eu sou a tua badalina. E jamais vou deixar que algo de mal nos aconteça. Amo-te ♥

Sem comentários:

Enviar um comentário