2 de Novembro de 2013



Fazemos hoje 23 meses. E são 22.22h. Estás a pensar em mim, como sempre, eu sei. 

No início, por entre tantas dúvidas e medos andavam os bons momentos. Aqueles em que eu ficava a pensar sempre que estava nas aulas, sempre que chegava a casa, sempre que me deitava na cama. Aqueles que envolviam os beijinhos nas bochechas, as nossas mãos a tocar uma na outra de vez em quando. Depois, pouco depois, veio o primeiro abraço. Mais tarde, as tentativas para o primeiro beijo, mas que nenhum dos dois era capaz de dar. Eu fugia sempre quando te aproximavas demais de mim porque não fazia ideia do que estava a acontecer entre nós. Gostava de estar contigo, da tua atenção, sentia ciúmes das tuas amigas mas nunca admitia aquilo que me ia no coração. Mas um dia, acabou por acontecer, o primeiro beijo, culpa minha dizes tu, mas era tudo o que mais queríamos. Falo por mim. Lembro-me como se tivesse sido hoje. Os teus lábios. A forma como encaixaram perfeitamente nos meus. Não queria parar de te beijar e apaguei do mundo por completo. Só tu e eu. Finalmente um nós. Depois desse dia, andávamos sempre ansiosos para estarmos uns cinco minutos a sós para trocarmos um beijo e para matar saudades. Passaram por volta de três semanas, até que começamos oficialmente a namorar. Digo oficialmente, porque me pediste em namoro, todo riquinho e cheio de vergonha e eu respondi com um beijo e ainda me lembro de tu perguntares "isso é um sim?". Desde aí a minha vida tem sido maravilhosa. Tenho alguém que se preocupa comigo, que me dá bom dia todos os dias, que me liga todas as noites, que me adormece e que me acorda com beijinho matinal de vez em quando, que já me levou pequeno-almoço à cama, que diz que me ama muitas vezes ao dia, que me apoia em tudo o que preciso, que me ouve sempre que tenho um problema, que me faz esquecer as coisas más que me acontecem, que sorri quando me vê, que gosta de mim pelo que sou, mesmo com os meus infinitos defeitos, que nunca perde a cabeça quando discutimos e que acima de tudo me ama exactamente como sou e que me conhece melhor do que ninguém. E a ti, amor, devo-te muito. Diria que devo tudo aquilo que sou hoje. Tornaste-me numa pessoa melhor. E dizer que te amo é tão pouco, comparado àquilo que sinto. Mas amo-te, amo-te muito. "Até ao infinito e mais além." <3

❝ Que o nosso amor seja infinito, que seja inalcançável, que seja indestrutível. Que seja. ❞

Sem comentários:

Enviar um comentário