21 de Abril de 2015

Só quando estou longe de ti é que noto a falta que me fazes. Dou por mim a pensar em quanto tornaste a minha vida diferente e especial. Em como me fizeste e fazes crescer. Em como eu não quero que o que construímos acabe nunca. Já passamos por tanto juntos e se tu soubesses o orgulho que tenho em dizer que sou tua namorada à três anos e quatro meses. Acredito que somos feitos um para o outro, feitos para durar. Neste caso, para sempre. Amo-te.

Sem comentários:

Enviar um comentário