7 de Abril de 2013

Como já não estou contigo há dois dias e já estou com muitas saudades, apetece-me deixar-te um bocadinho mais feliz com esta montagem nossa de quando estava um calorzinho bastante agradável e estivemos na marina antes de ir para a escola, acho eu. Gosto de gostar de ti e vai ser eternamente assim. És tudo de bom que tenho na vida e por mais medo que tenha que possamos estragar tudo o que temos, sei que somos bastante conscientes para termos a noção que não vai haver ninguém que nos faça tão felizes como nos fazemos um ao outro. E mais, não conseguíamos viver um sem o outro. Já há muito de mim em ti e já há muito de ti em mim. E isso nunca vou poder nem querer apagar , ou muito menos esquecer. Quero pertencer-te sempre. Quero um dia ter a nossa casa. As nossas coisas. A nossa vida. Adormecer contigo. Acordar contigo. Ser feliz o resto da minha vida ao teu lado. Quero poder casar contigo e chamar-te de meu homem. Quero olhar para trás e ver que tudo o que aconteceu, valeu realmente a pena por conhecer uma pessoa tão extraordinária como tu. És o que sempre sonhei. És um anjo que me salvou. O meu anjo da guarda, como sempre te disse.

Sem comentários:

Enviar um comentário